Blog

Os Países Estão a Falhar na Ação Climática

Os Países Estão a Falhar na Ação Climática

De acordo com as Nações Unidas as emissões de gases com efeito de estufa irão continuar a subir na próxima década.

Para conseguirmos impedir uma catástrofe climática o mundo necessita de reduzir as suas emissões em 50% até 2030, o que de acordo com os cientistas, será o necessário para manter o aumento da temperatura do planeta nos 1,5ºC.

Após a análise de informação divulgada por mais de 200 países foi possível ao Comité para as Alterações Climáticas das Nações Unidas compreender que esta exigência (pela sobrevivência de todos) não está a ser cumprida, como ainda as medidas que estão a ser aplicadas, estão a aumentar as emissões produzidas.

Em resposta a esta notícia o Secretário-Geral para as Nações Unidas António Guterres comenta: “estamos em direção ao catastrófico caminho que nos levará a 2,7ºC de aquecimento global. Os líderes devem mudar de direção e cumprir a #AçãoClimática, ou os cidadãos de todos os países irão pagar um trágico preço. A ciência não pode mais ser ignorada. As necessidades da população mundial não podem mais ser ignoradas”.

Após a revelação desta informação alguns países atualizaram os seus planos com vista à melhoria dos seus resultados, e ainda muito pode ser alcançado, até à discussão de todos os planos e dados na COP26 neste novembro.

As notícias não são animadoras, mas acreditamos convictamente que as decisões individuais poderão ter nesta temática um papel fundamental. Os líderes dos países podem não considerar as alterações climáticas como uma verdadeira emergência perante a qual ações devem ter tomadas com urgência, mas se a sua população agir de forma contrária, com o tempo, vão ser forçados a cumprir a vontade dos seus cidadãos.

Nenhuma mudança desta dimensão se consegue num curto período de tempo. Nenhuma mudança é fácil ou simples. Exige tempo, dedicação, resiliência, teimosia e paciência, mas não estão sozinhos.

Podem contar connosco. Estamos juntos neste caminho.



×