Blog

Como Compensar as Emissões de Carbono das Viagens de Avião

Como Compensar as Emissões de Carbono das Viagens de Avião

No caso de a companhia aérea que precisa de utilizar para o seu destino não permitir compensar as emissões de carbono no ato da reserva do bilhete, ou pretender escolher diretamente o projeto no qual será investido o valor da sua compensação eis uma das soluções.

A ICAO (International Civil Aviation Organization) desenvolveu uma calculadora que permite obter a pegada de carbono provocada por cada passageiro/percurso, com base no aeroporto de origem e de destino (CO2/pax/leg (KG). Para aceder à calculadora basta entrar no seguinte link para a plataforma de acesso livre e totalmente gratuito.

Com o valor obtido em mente é possível agora escolher um projeto para investir. Um dos métodos mais utilizados e simples consiste na captação florestal de CO2, ou seja, na plantação de árvores tendo em conta o referencial de que em média uma árvore consegue captar 15,6Kg de CO2 por ano. De notar que este valor apenas é atingido aquando da capacidade de captação máxima da árvore, o que no caso de algumas espécies poderá demorar vários anos.

A Reforestaction é uma empresa francesa de caráter social e certificada como B Corporation que promove a sensibilização e a ação em prol das florestas mundiais. Tem atualmente um projeto em Portugal na Serra de Monchique, para o qual é possível doar o número de árvores que pretendermos. Para tal é apenas necessário aceder ao site, escolher na seção Projetos Portugal, selecionar o número de árvores e a frequência com que desejamos plantar (de notar que as árvores serão efetivamente plantadas por profissionais/entidades competentes), realizar um rápido registo na plataforma e proceder para pagamento.

É possível também nesta plataforma compensar a nossa pegada ecológica (do nosso estilo de vida como um todo) e também é possível plantar árvores em qualquer lugar o mundo sem que exista qualquer tipo de compensação.

Acreditamos num futuro em que plantamos por ambição de um futuro melhor, até porque a solução não passa pela compensação, mas sim pela redução da nossa pegada individual.

A Murta informa que esta publicação não foi patrocinada pela Reforestaction. A sua partilha deve-se ao dever de comunicação que sentimos sempre que conhecemos projetos desta natureza, que nos reforçam a certeza de que todos podemos fazer a diferença, todos os dias.



×