Blog

10 Destinos Portugueses no Top 100 de Sustentabilidade

10 Destinos Portugueses no Top 100 de Sustentabilidade

Todos os anos a Green Destinations destaca locais e regiões de países que realizam verdadeiros esforços para tornar o seu turismo mais sustentável.

Este ano, na sua 7ª edição, foram escolhidas as 100 melhores estórias de inovação, eficiência e sustentabilidade que, perante uma pandemia mundial, constituem exemplos inspiradores, e Portugal conta com 10 projetos nesta lista.

Ei-los por ordem alfabética:

- Águeda com o Festival AgitÁgueda – festival de artes anual que promove a sustentabilidade com foco na: separação de resíduos, adoção de veículos elétricos, redução da radiação na cidade através de uma instalação de arte e sensibilização da população para a problemática ambiental.

- Alto Minho com as Boas Práticas implementadas em Atividades Náuticas – a união dos negócios com os seus patrocinadores para uma revitalização e promoção do setor em período de pandemia.

- Arouca com a 516 Arouca – a ponte construída no Geopark de Arouca e as suas regras de utilização são destacadas pois: contribuem para um turismo controlado e vigiado e privilegiam o ecoturismo.

- Açores com a Ilha Graciosa – categorizada como a ilha modelo, uma vez que possui mais de 100 dias por ano de abastecimento com apenas energia renovável, e com o objetivo dos 365 dias traçado.

- Cascais com os projetos de conservação de paisagens em vigor – foram destacados pela escala com que se encontram a ser aplicados e pelo foco na sustentabilidade futura.

- Alqueva com o Dark Sky® Alqueva – este projeto permite que os visitantes desfrutem de uma observação de céu noturna no maior lago artificial da Europa.

- Nazaré com o Plano de Desenvolvimento do Turismo para o futuro – este plano prova que é possível a um território desenvolver o setor do turismo, valorizando as mais valias da sua região, e contribuir para um futuro sustentável.

- Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira com o seu Programa Ecocampus – pois permite o desenvolvimento de pequenos projetos locais recorrendo a uma estratégia de economia verde.

- Sintra com o projeto Casa do Valle, Virpi Oliveira e a Sustentabilidade Hoteleira – e o desenvolvimento de uma oferta hoteleira que inclui verdadeiras preocupações com a redução do consumo de água, energia e emissões de gases com efeito de estufa em conjugação com o combate ao turismo de massas e a sua transformação em turismo sustentável ao longo de todo o ano e não apenas sazonalmente.

- Torres Vedras com o Centro de Criatividade e Artes – e o seu projeto de regeneração urbana em total ligação com a população promovendo uma maior ligação à cidade e ao seu património.

 Parabéns aos destinos eleitos. Que estes exemplos possam inspirar outros locais e projetos a criarem ofertas turísticas sustentáveis em todas as suas vertentes: económica, social e ambiental.

 



×