Blog

Faça-você-mesmo Vinagre de Maçã

Faça-você-mesmo Vinagre de Maçã

O vinagre de maçã tem inúmeras utilizações: tónico de limpeza para o rosto e cabelo, loção de combate a piolhos e lêndeas, desinfeção de frutas e legumes, limpeza da casa em geral em substituição da solução com vinagre de álcool e até na culinária em molhos e marinadas.

Devido à sua especificidade normalmente apenas é encontrado em lojas de especialidade e a preço elevado, mas é uma atividade faça-você-mesmo simples e ecológica, pois tem por base as cascas e sementes das maçãs.

Para criar vinagre de maçã apenas é necessário juntar num frasco grande (de pelo menos 3L) limpo e de abertura larga: 350g de cascas e miolos de maçãs, sem vestígios de bactérias e preferencialmente biológicas, 2L de água sem cloro (é possível remover o cloro da água deixando-a repousar numa taça durante a noite) e uma colher de sopa de açúcar mascavado ou mel.

Mexer com uma colher limpa, tapar com um tecido poroso e um elástico (para que o gás libertado saia de forma segura).

Manter em local escuro (ou tapar todo o vidro do frasco com um saco ou pano escuro) e arejado e mexer todos os dias durante 7 a 10 dias. Assim que se verificar fermentação parar de mexer e deixar assentar o conteúdo.

Se for pretendido utilizar o vinagre para cozinhar provar com uma colher limpa para aferir o sabor. Pode aguardar mais alguns dias para intensificar. É normal a ocorrência de uma película branca à superfície e se possuir outro vinagre em início de fermentação pode remover e colocar nesse (ajuda a reduzir o tempo de fermentação).

Coar e verter para frascos esterilizados deixando sempre um espaço livre para o gás se acumular.

Guardar no frigorífico para inibir a fermentação. Na primeira utilização abrir com calma para libertar todo o gás acumulado sem impacto.

É um processo um pouco demorado, mas simples e que produz aproximadamente 2L de vinagre multifacetado e com um maravilhoso aroma a maçã.

Experimentem, aproveitem que as maçãs estão em época nesta estação e testem as variedades mais aromáticas!

Fotografia de S. Hermann / F. Richter do diretório de fotografias Pixabay.



×