Blog

Dia Nacional do Mar

Dia Nacional do Mar

O Mar tem para Portugal uma importância histórica, faz parte da nossa identidade enquanto “Exploradores do Mundo” e contribui ativamente e, de forma fulcral, para a economia e desenvolvimento geral do país.

Hoje celebra-se o Dia Nacional do Mar. Neste dia pretende-se honrar este recurso e relembrar a sua importância para o presente e para o futuro do nosso país. Hoje recordamos a urgente necessidade de protegermos o nosso mar e de planearmos uma transição dos setores dele dependentes de modo a assegurarmos a sua sustentabilidade num futuro próximo.

Neste dia relembramos também que não são apenas os governantes, investigadores, profissionais diretamente ligados ao mar e comunidades costeiras que têm uma palavra no futuro deste recurso, todos temos. Todos podemos ajudar a preservar o nosso mar:

- não realizando atividades que originem poluição para as massas de água superficiais ou subterrâneas, como sejam a utilização de produtos químicos tóxicos em terrenos, jardins, nas tarefas de casa e higiene em geral.

- reduzindo o consumo geral e eliminando a utilização de artigos descartáveis;

- reduzindo a produção de resíduos e garantindo que os mesmos são encaminhados para o tratamento correto (lixo comum, compostagem ou ecoponto/pilhão/eletrão/oleão/roupão)

- reduzindo o consumo de pescado, recusando peixe de pequena dimensão, privilegiando a pesca com anzol ou rede artesanal (informação presente no rótulo de cada peixe) e evitando as espécies de peixes em vias de extinção (que de acordo com a Greenpeace são: alabote, atum, bacalhau do atlântico, camarões, espadarte, linguado europeu, peixe espada branco, peixes vermelhos, pescadas, raias, salmão do atlântico, solha americana, tamboris e tubarões);

- não suportando/apoiando atividades poluidoras ou disruptivas para os ecossistemas marinhos locais (como por exemplo o turismo ou a pesca intensivos)

- auxiliando e participando ativamente em projetos que apoiem e desenvolvam o setor marítimo garantindo a sustentabilidade ambiental, económica e social, assim como associações e organizações de caráter ambiental e conservacionista.

Mesmo aqueles de nós que vivem a centenas de quilómetros do mar podem contribuir para a sua proteção. Junte-se a nós e cuide do nosso mar.



×